Página inicial > Sertanejo > R > Rionegro & Solimões > Km 45/Rumo a Goiânia (Com Juliano Cezar)

Km 45/Rumo a Goiânia (Com Juliano Cezar)

Rionegro & Solimões


No quilômetro 45 da Castelo
Para quem vai sentido interior
Quem olhar para a direita
Vê um portão amarelo
É ali é ali que mora o amor

a distância não existe pra quem ama
Ela tem todas belezas das manhãs
Os seus lábios
que ao me ver pro o amor me chama
Nosso amor tem as cores da romã

É ali é ali que mora o amor



É noite o carro está rugindo parecendo fera
Voando baixo pela pista na Via Anhanguera
Já estou vendo ao longe a linda e doce Ribeirão
Toda iluminada feito um céu no chão
Na noite azulada de uma primavera

A saudade já não cabe no meu coração
Grudada como faz na estrada os pneus no chão
Uberaba e Uberlândia já deixei pra traz
Em Itumbiara entrando em Goiás
Quase que eu decolo feito um avião

Ei Goiânia não deu pra segurar
a barra então eu voltei
Ei Goiânia avise aqueles olhos lindos
que eu já cheguei

Esses olhos reluzentes que eu busco agora
Se me chamam com desejo pra mim não tem hora
É por isso que eu ando em alta rotação
Feito um asteroide na escuridão
O motor do carro parece que chora

O sol agora está nascendo está chegando o dia
Mas sei que valeu a pena tanta correria
Eu quero estar nos braços dela daqui a pouquinho
Pois passei a noite voando sozinho
dentro desse carro pela rodovia

avise aqueles olhos lindos que eu já cheguei

Compositor: Cleyton Paiva

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rionegro & Solimões no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS