Vida Longa

Rincon Sapiência

Galanga Livre


Tristeza adora brisa
E a brisa ela furta
Fartura vida longa
Miséria vida curta
Os drama a gente chuta
A glória nóis segura
O drama nos persegue
A glória nóis procura
O tempo sem acréscimo
Políticos são péssimos
Se alistem no exército
Bandeira a gente jura
Seria menos trágico
Tipo se eu fosse mágico
Amor seria câncer
Doença sem cura
Vida longa, um fato e não um enfeite
Longa vida, além das caixa de leite
Vermelho não é guache
Não peça que eu relaxe
Numa cama de espinhos
Não peça que eu me deite
Tudo termina em samba
Querem que toquem salsa
Brasil vai virar Cuba
Essa notícia é falsa
Vida sem dor e choro
O gueto sempre quis
Que chore só guitarras
Tipo Jimmy Hendrix
Onde há fogo, há fumaça
Sinto pelo faro
Infelizmente Bolsonaros não é tipo raro
Nóis aprecia vida longa, a democracia
Pra muitos vida dura, ditaduras torturaram
Palavras que liberta o limite da fronteira
Não é a Bíblia narrada por Cid Moreira
Rap é vida, a rua e as narrativa
Desejo vida longa à nossa voz ativa

Ei, nóis tem o poder!
Legal, sucesso do homem de bem
Pode derrubar o homem mau
Coração Griot, pelas ruas andei
Vida longa, majestade, o tempo é rei!

Heróis o tempo passa
Mas que a história fique
Que virem filmes
Mais longos que o Titanic
Se o assunto é racismo
Desejo vida curta
Que os pretos liguem a Tv
E se identifique
Nova era, são cliques e chips
Continuo ácido
Que nem a brisa dos hippies
Tudo azul no Rap
Damas e drink nos clipes
Meu azul agora
É o blues do Mississipi
Trampamos como máquinas
Tipo dançando popping
E as ruas se aglomera
Mais que rolezim no shopping
Os cara diz que é Gandhi
Até o antidoping
As mina diz que é Sandy
Mas viram Janis Joplin
Somos loucos, é natural
Hipocrisia, moral, é só mentira
Tipo beleza nos horrores
Tem pólvora nas flores
E os valores
Que nem o pé da Curupira
Invertidos
O gueto sem incentivo
Na visita os homens de distintivo
É as ruas e os métodos avançados
Mas os homens fardados são primitivos
Eles e nóis é joio e trigo
Amor e justiça é a causa que brigo
Nossa união é sinal de perigo
Então vida longa aos bons amigos

Ei, nóis tem o poder!
Legal, sucesso do homem de bem
Pode derrubar o homem mau
Coração Griot, pelas ruas andei
Vida longa, majestade, o tempo é rei!

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rincon Sapiência no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS