• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Dinheiro na mão não compra o amor, solidão dói, eu sei
    Me dê sua mão no fim dessa dor seremos rainha e rei
    Vamos sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar
    Sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar

    Toda mulher quer alguém pra fazer companhia
    Pra desabafar a qualquer hora do dia
    E a minha mulher entrou numa fria
    Juntô com o negão que vive na correria
    Em seu coração dói, eu juro que é por nós
    No corre da grana, saudades da dama
    Que diz que me ama, desculpa neguinha
    Você me escolheu não foi pra ficar sozinha
    Se eu ando na linha, você me pergunta
    A gente pouco se vê e briga quando se junta
    A minha ausência te gera revolta,
    Saio cedo de casa sem horário de volta
    É o ramo da música ceder entrevista, gravação,
    Meu ganha pão eu ganho na pista
    Mulher de montão tem, mas não vamo arrastar
    Quando eu te trombar nós vamos sair pra gastar

    Dinheiro na mão não compra o amor, solidão dói, eu sei
    Me dê sua mão no fim dessa dor será rainha e rei
    Vamos sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar
    Sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar

    E é contigo que eu quero viver por vários anos
    Por isso que da minha saúde eu sempre tô cuidando
    Vamo curtir um restaurante vegetariano
    Pode deixar que um dinheiro eu sempre tô juntando
    Tenho uma grana escondida guardada num saco
    Quando juntar a cota dou um trato no barraco
    Tristeza incomoda igual a fumaça de um tabaco
    Mas seu sorriso espontâneo é meu ponto fraco
    É ele que eu quero mas infelizmente
    Ultimamente tenho sido um cara tão ausente
    Relação é quente quando tem saudade
    Pelo menos tem o lado bom é verdade
    Falando sério nega, eu tô plantando
    E a colheita um dia irá de chegar
    Vamo sair pra gastar andando de mão dada
    Ser o casal mais bonito da quebrada

    Dinheiro na mão não compra o amor, solidão dói, eu sei
    Me dê sua mão no fim dessa dor seremos rainha e rei
    Vamos sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar
    Sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar

    Eu vim do gueto minha linda eu sei
    Mas não me falta ambição pra viver como um rei
    Melhoras pra isso que a gente caminha
    Então desde já te chamo de rainha
    Minha dama que reclama, xinga, chora
    Mas bota fé que um dia vinga linda
    Temos um encontro marcado sair pra gastar
    Fazendo compras num supermercado
    Na melhor hora a gente se intoca
    Olho no olho trocando umas bitoca
    Dia de frio, tv e cobertor, no microondas estoura umas pipoca
    Vamos sair pra gastar fazer rolê, caso chover levo a banca de dvd
    Exagerei só pra te convencer que é por nós
    Tanto corre que eu tenho que fazer por aí...

    Dinheiro na mão não compra o amor, solidão dói, eu sei
    Me dê sua mão no fim dessa dor seremos rainha e rei
    Vamos sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar
    Sair pra gastar, sair pra gastar, sair pra gastar

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Rincon Sapiência

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.