• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Cervo A Primavera
    Io rinascerò
    cervo a primavera
    oppure diverrò
    gabbiano da scogliera
    senza più niente da scordare
    senza domande più da fare
    con uno spazio da occupare
    e io rinascerò
    amico che mi sai capire
    e mi trasformerò in qualcuno
    che non può più fallire
    una pernice di montagna
    che vola eppur non sogna
    in una foglia o una castagna
    e io rinascerò
    amico caro amico mio
    e mi ritroverò
    con penne e piume senza io
    senza paura di cadere
    intento solo a volteggiare
    come un eterno migratore
    Senza paura di cadere
    intento solo a volteggiare
    come un eterno migratore
    e io rinascerò
    senza complessi e frustrazioni
    amico mio ascolterò
    le sinfonie delle stagioni
    con un mio ruolo definito
    così felice d'esser nato
    fra cielo terra e l'infinito
    ah
    e io rinascerò
    senza complessi e frustrazioni
    amico mio ascolterò
    le sinfonie delle stagioni
    con un mio ruolo definito
    così felice d'esser nato
    fra cielo terra e l'infinito
    ah
    e io rinascerò
    io rinascerò
    na na na na na
    Cervo na Primavera
    Eu renascerei
    como um cervo na primavera
    ou me tornarei
    uma gaivota no penhasco
    sem mais nada para esquecer
    sem mais perguntas a fazer
    com um espaço a ser preenchido
    e eu renascerei
    amigo que sabe me entender
    e me transformarei em alguém
    que não pode mais falhar
    uma perdiz da montanha
    que voa mas não sonha
    em uma folha ou uma castanha
    e eu renascerei
    caro amigo, meu querido amigo
    e me reencontrarei
    com penas e plumas e sem mim
    sem medo de cair
    querendo apenas rodopiar
    como uma eterna ave migratória
    Sem medo de cair
    querendo apenas rodopiar
    como uma eterna ave migratória
    e eu renascerei
    sem complexos e frustrações
    meu amigo ouvirá
    as sinfonias das estações
    com meu papel definido
    tão feliz de ter nascido
    entre o céu, a terra e o infinito
    ah
    e eu renascerei
    sem complexos e frustrações
    meu amigo ouvirá
    as sinfonias das estações
    com meu papel definido
    tão feliz de ter nascido
    entre o céu, a terra e o infinito
    ah
    e eu renascerei
    eu renascerei
    nd nd nd nd nd




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Riccardo Cocciante

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.