Vientre de Cuna (tradução)

Ricardo Arjona


Ventre berço


Eu gosto de ver você falar sobre a cozinha

seriedade que Gorbachev resolve o problema

queda de sua cortina


Eu gosto de ver consertar minhas calças

Eles tinham ido embora

Se a situação tivesse sido diferente


Eu gosto de ver você sorrir quando era lamentarão normal

Eu sempre gostei e como você muito mais hoje


Porque sem se referir a fortuna

lua naquela noite teu ventre tornou-se berço

Trazer o fruto de uma coisa mútua


E é o seu trabalho como sagrado

dar à luz com dor te amo materializar. Voltand

sentimento humano


eu gostaria de ver no supermercado

Escolha mantimentos

medida que a economia temos sido tratados


Eu gosto de ver o seu perfil abdômen

Isso vem para lembrar

Essa nova vida Eu serei o construtor


Eu gosto de ver você tomou esse balanço ao caminhar

E eu gosto de você tudo, veja você mesmo espirrar


Por que não aludem a fortuna

lua naquela noite teu ventre tornou-se berço

Trazer o fruto de uma coisa mútua


E é o seu trabalho como sagrado

dar à luz com dor te amo materializar. Voltand

sentimento humano


eu gostaria de ver no supermercado e seu balanço durante a caminhada

E tantas outras coisas, mas eu gostei de você muito mais

Quando alguém ligar para você mãe


Vientre de Cuna


Me gusta verte hablar de la cocina

Con la seriedad que Gorvachov aborda el tema

De la caida de su cortina


Me gusta verte remendar mi pantalon

Que hubiese ido a parar a la basura

Si hubiese sido otra la situacion


Me gusta verte sonreir cuando lo normal era llorar

Me has gustado siempre y hoy me gustas mucho mas


Porque sin aludir a la fortuna

Aquella noche de luna tu vientre se hizo cuna

Trayendo el fruto de algo mutuo


Y es que es tan sagrada tu labor

Que pariendo con dolor materializas el amor

Volviendo humano el sentimiento


Me gusta verte en el supermercado

Escoger los abarrotes

Segun la economia nos haya tratado


Me gusta ver tu abdomen de perfil

Que viene a recordarme

Que de una nueva vida sere yo el albañil


Me gusta verte ese swing que has adoptado al caminar

Y es que me gustas toda,incluso verte estornudar


Por que sin aludir a la fortuna

Aquella noche de luna tu vientre se hizo cuna

Trayendo el fruto de algo mutuo


Y es que es tan sagrada tu labor

Que pariendo con dolor materializas el amor

Volviendo humano el sentimiento


Me gusta verte en el supermercado y tu swing al caminar

Y tantas otras cosas, pero mas me gustaras

Cuando alguien te llame mama


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS