Me Enseñaste (tradução)

Ricardo Arjona


Me ensinou


Você me ensinou a não fumar, sem café da manhã

me ensinou a dividir

que a soma de um um é sempre um

se você aprender a compartilhar


Você me ensinou que o ciúme é impertinente

que é meia e meia cérebros falta de insegurança

Você me ensinou a ser mesmo livre

Você me ensinou que o amor não é um muro que é uma mentira ea verdade


Você me ensinou que é bom que ajuda

mas que não incomoda você

Você me ensinou que abraçando sua cintura tudo parece uma festa

Você me ensinou muitas coisas na cama

é melhor quando você ama, e que também está dormindo

Você me ensinou a viver entre outros

Você me ensinou que supera uma dúvida, um motivo

mas falhou o meu guru, você esqueceu de me ensinar o que fazer se você não é


Você me ensinou a esquecer tudo, mas

da filosofia para tocar em você

saber que o mais compatível afrodisíaco

mas não adora frutos do mar, mas não me ensinar a esquecer


Você me ensinou a esquecer tudo, mas

virar uma carícia em uma obra de arte

saber que os advogados sabem pouco de amor

e que o amor é auto-consciente no tribunal

mas não me ensinar a esquecer

mas não me ensinar a esquecer


Onde vai o amor que foi

não encontrar o interruptor

se a aceitar que a nossa história voou

onde eu recebo o valor


Você me ensinou a esquecer tudo, mas

Me Enseñaste


Me enseñaste a no fumar sin desayuno,

me enseñaste a dividir,

que la suma de uno y uno siempre es uno,

si se aprende a compartir.


Me enseñaste que los celos son traviesos,

que es mitad falta de sesos y mitad inseguridad.

Me enseñaste a ser pareja en libertad.

Me enseñaste que el amor no es una reja y que es mentira la verdad.


Me enseñaste que no es bueno el que te ayuda,

sino el que no te molesta.

Me enseñaste que abrazado a tu cintura todo parece una fiesta.

Me enseñaste muchas cosas de la cama,

que es mejor cuando se ama, y que es también para dormir.

Me enseñaste entre otras cosas a vivir.

Me enseñaste que una duda pesa más que una razón,

pero fallaste mi gurú, se te olvidó enseñarme qué hago si no estás tú...


Me enseñaste de todo excepto a olvidarte,

desde filosofía hasta como tocarte,

a saber que el afrodisíaco más cumplidor,

no son los mariscos sino el amor, pero no me enseñaste a olvidarte...


Me enseñaste de todo excepto a olvidarte,

a convertir una caricia en una obra de arte,

a saber que los abogados saben poco de amor,

y que el amor se cohibe en los juzgados,

pero no me enseñaste a olvidarte,

pero no me enseñaste a olvidarte...


Donde se apaga el amor que quedó,

no encuentro el interruptor,

si hay que aceptar que nuestra historia voló

de dónde saco el valor...


Me enseñaste de todo excepto a olvidarte...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS