Hay Amores (tradução)

Ricardo Arjona


Hay Amores


Não dar sermões ou elogios. Nã

sempre dizer o que eu já sei

Traga seus brincos mover

E o vestido que você sempre removido


eu convido você para me convidar esta noite

Quando o pecado nunca convidou você

Nós convidamos você a se abster de qualquer suspeita

Se todos os meus defeitos e sei


Não ama como o seu

Isso doeu quando ou se eles vão

Não ama sem orgulho

Estar perdendo dignidade

Sua vida me ajudou a morrer

A morte me ensinou a ser vivida


Não consertar o que não está quebrado

Que ninguém aqui está pronto pa mudança "

Amores que se desgastam com o uso

merecem liberdade e descanso


Não me peça para dizer o que você sabe. Você nã

quer saber o que você não sabe

Tudo o resto você tem as chaves

E se você precisa de algo que eu esqueci


Não ama como o seu

Isso doeu quando ou se eles vão

Não ama sem orgulho

Estar perdendo dignidade


Não é amor, não é amor


Não ama sem orgulho

Estar perdendo dignidade


Sua vida me ajudou a morrer

A morte me ensinou a ser vivida

Hay Amores


No vengas con sermones ni alabanzas

Ni vuelvas a decir lo que ya sé

Trae tus aretes de mudanza

Y el vestido aquel que siempre te quité


Te invito a que me invites esta noche

Al pecado que jamás yo te invité

Te invito a que te abstengas de reproches

Si todos mis defectos ya los sé


Hay amores como el tuyo

Que duelen cuando están o si se van

Hay amores sin orgullo

Que viven de perder la dignidad

Tu vida me sirvió para morirme

La muerte me enseñó que hay que vivir


No arregles lo que no se descompuso

Que nadie aquí está listo pa' cambiar

Amores que se gastan con el uso

Merecen libertad y descansar


No pidas que te diga lo que sabes

Ni quieras saber lo que no sé

De todo lo demás tienes las llaves

Y si hace falta algo lo olvidé


Hay amores como el tuyo

Que duelen cuando están o si se van

Hay amores sin orgullo

Que viven de perder la dignidad


Hay amores, hay amores…


Hay amores sin orgullo

Que viven de perder la dignidad…


Tu vida me sirvió para morirme

La muerte me enseñó que hay que vivir

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS