Vicente

Renato Teixeira

Maxximum: Renato Teixeira


VICENTE
(Renato Teixeira com Sócrates)


Para lá do canindé onde o tatu anda á pé
Nas margens da marginal ,são Jorge domina tudo
Seu homem aqui na terra um genuíno espanhol
Se chama Vicente o pedra, pra quem a bola é o sol

Por ele canta o pedreiro , por ele o ferreiro chora
Por ele o engraxate briga , por ele eu toco a viola
Bis

Na futilidade triste , Vicente chegou ao mundo
Sabendo que a vida em si , é faca de dois legumes
Então partiu para a luta , disposto a se consagrar
Por que quem saiu na chuva , tem mesmo é que se queimar


Por ele canta o lixeiro , por ele o engenheiro chora
Por ele a torcida briga , por ele eu toco a viola
Bis

O sorriso de Vicente , tem brilho de vencedor
Se fez amado do povo , que sabe o seu valor
Por isso terceira mente , é que devo te dizer
Cantar falando em Vicente , é coisa que da prazer

Poe ele canta a polícia , por ele o palhaço chora
Por ele o arcebispo briga , por ele eu toco a viola
Bis

Falando:

Dou 50 mil reais só para jogar no Taubaté como é que é ?

Tem que falar primeiro com ele , ele que manda nas coisas .

Compositor: Renato Teixeira Com Sócrates

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Renato Teixeira no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS