Zé Valente

Rayssa e Ravel

Sonhos de Deus


O Zé Valente era o homem mais temido
Conhecido e respeitado por toda a região
Falava alto, ganhava tudo no grito
Até bandido fugia da sua mão
O Zé Valente não gostava de crente
Sua vontade era acabar com um por um
Dizia ele: "Ê, raça desembestada, eu implico, não enfrenta
Como é que eu vou brigar?"
Mas certo dia, chegou a hora
E o Zé Valente ficou na prova
Perdeu família, o dinheiro e a razão
E pra Igreja foi chorando aquele valentão

E o Zé Valente agora é crente
Só grita agora quando dá Glória
O velho homem ficou pra trás
Onde foi guerra agora reina a Paz

Final:
E o Zé Valente agora é crente
Foi perdoado, abençoado
Só fica bravo com o pecado
O Zé Valente por Deus foi amansado

Compositor: Junior Maciel

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Rayssa e Ravel no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS