Mata Virgem (cifrada)

Raul Seixas

Warner 25 Anos: Raul Seixas


De: Raul Seixas/ Tânia Menna Barreto Tom: A Intr.: E7 A E7 Você é um pé de planta F#m Que só dá no interior Bm D No interior da mata A E7 Coração do meu amor A E7 Você é roubar manga F#m Com os moleques no quintal Bm D É manga rosa, espada A D A Guardiã no matagal E7 A Qual flor de uma estação E7 C#7 F#m Botão fechado eu sou D#º D Se amadurecendo Fº A Pra se abrir pro meu amor E7 A Qual flor de uma estação E7 C#7 F#m Botão fechado eu sou D D#º Se amadurecendo Dm A Pra se abrir pro meu amor A E7 Úmida de orvalho F#m Que o sol não enxugou Bm D Você é mata virgem A E7 Pela qual ninguém passou A E7 É capinzal noturno F#m Escuro e denso protetor B/A De um lago leve e morno A D A Teu oásis seu amor E7 A Qual flor de uma estação E7 C#7 F#m Botão fechado eu sou D#º D Se amadurecendo Fº A Pra se abrir pro meu amor E7 A qual flor de uma estação E7 C#7 F#m Botão fechado eu sou D D#º Se amadurecendo Dm A Pra se abrir pro meu amor A E7 Úmida de orvalho F#m Que o sol não enxugou Bm D Você é mata virgem A E7 Pela qual ninguém passou A E7 É capinzal noturno F#m Escuro e denso protetor B/A De um lago leve e morno A D A Teu oásis seu amor.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
essa letra: