Raquel Mello

Labaredas

Raquel Mello


Labaredas


Vai subindo devagar, vai voando de mansinho
Como voo da gaivota, vai seguindo seu caminho
O crente chora, o crente ora ao ouvir a voz Divina
Na mensagem que Ă© pregada, como ĂĄgua cristalina

E o poder de Deus invade, a igreja e os obreiros
Até a criança chora, diante do Deus verdadeiro
E o inferno fecha as portas, e os demĂŽnios vĂŁo fugindo
É fogo santo Ă© labareda, Ă© o poder de Deus caindo

Se vocĂȘ quiser sentir a mĂŁo de Deus te abençoando
Olhe para o lado e veja, teu irmĂŁo se alegrando
Ouço as línguas estranhas, sinal de grande avivamento
Seja batizado agora, jĂĄ chegou o teu momento

E o poder de Deus invade, a igreja e os obreiros
Até a criança chora, diante do Deus verdadeiro
E o inferno fecha as portas, e os demĂŽnios vĂŁo fugindo
É fogo santo Ă© labareda, Ă© o poder de Deus caindo

E o poder de Deus invade, a igreja e os obreiros
Até a criança chora, diante do Deus verdadeiro
E o inferno fecha as portas, e os demĂŽnios vĂŁo fugindo
É fogo santo Ă© labareda, Ă© o poder de Deus caindo

Composição: Mara Lima

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Raquel Mello no Vagalume.FM

Mais tocadas de Raquel Mello

ESTAÇÕES
ARTISTAS RELACIONADOS