• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Uma vida, uma história de vitórias na memória
    Igual o livro o mal e o bem
    Pro seu bem, pro meu bem

    Um espinho, uma rosa, uma trilha
    Uma curva perigosa a mais de cem
    Pro seu bem, pro meu bem

    Pow pow pow, meu destino agora sou
    Vou sem capacete, sem placa e sem retrovisor
    Quem me aguarda?
    Quem me espera?
    Não me desespera pelos morros que eu passei
    Fora da lei, eu sei, perdi e ganhei
    Errei e acreditei numa luz que eu enxerguei
    Kl jay, dj, vila mazzei, o jó me apresentou em meados de 83
    Dançando break a parceria fechou, formou
    Mais uma dupla de são paulo se aventurou

    Em meio as trevas
    É, e o sereno elaboramos a cura, a fórmula com veneno
    E até hoje convivendo com o perigo andando
    Em facções, roubando os corações feridos
    Contra o racismo, contra a desigualdade
    A máquina, a fábrica que exporta criminalidade
    Várias cidades, só, vários parceiros
    Um salve nas quebradas de são paulo, rio de janeiro
    Pelo ponteiro a 220 estou
    Desde 80 é espírito que me levou

    Uma vida, uma história de vitórias na memória
    Igual o livro o mal e o bem
    Pro seu bem, pro meu bem
    Um espinho, uma rosa, uma trilha
    Uma curva perigosa a mais de cem
    Pro seu bem, pro meu bem
    Céu azul

    Então vai, em 90 a cena ficou violenta
    Brown e o blue com pânico na zona sul
    Escolha o seu caminho, negro limitado
    A voz ativa de um povo que é descriminado
    Me lembro bem, bem e o mal que você me fez
    É que me mantém bem pra não ser pego outra vez
    As armadilha que engatilha no meio da trilha
    Um cumprimento, um abraço, um olho que brilha
    E que atira, na mira um coração bandido

    Bem vindo a selva onde todos saíram feridos
    Mas tamo aqui, a postos pro seu general
    Cavando o túnel e rumo ao banco central
    Tô na função em direção ao horizonte
    Muito sinai, quem vai chegar ao monte
    Na adolescência meu velho falava um montão
    Sobre a vida sobre o mal sobre as tentação
    Fechou negrão, tudo sempre será lembrado
    Foi meu chefe, meu parceiro, foi meu aliado
    Acelerado a milhão, na 1100
    Um destino, uma brisa, o mal e o bem

    Uma vida, uma história de vitórias na memória
    Igual o livro o mal e o bem
    Pro seu bem, pro meu bem
    Um espinho, uma rosa, uma trilha
    Uma curva perigosa a mais de cem
    Pro seu bem, pro meu bem

    Céu azul
    25 Anos depois firme e forte
    Vivão e vivendo
    Racionais mc's

    Letra enviada por Playlists Do Vagalume
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Racionais Mc's

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.