• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Depois do susto, depois da tempestade
    Vivemos tudo em compatibilidade
    Relembro muito nossos filhos no playground
    Nós dois, tão bom

    Amor distante

    Você me deu uma segunda vida
    Um motivo para viver, para continuar
    Fez meu coração bater fora de mim
    Me desarmou e me amou
    Eu não quero ficar me explicando para você
    Estou cansado!

    Quando o mundo era quase meu
    Eu tinha planos, tinha sede
    Eu me vi completamente seu, eu
    Não há mais canção nesse olhar
    Nem amanhã nesse adeus

    Hhumm. amor distante

    Estou desacreditado do amor
    Vou invadir a madrugada ee
    Te esquecer para não morrer
    Que neurose, desamor, na dose de gim ou liquor
    Por favor me deixe só
    (amor distante)

    Do amor que tivemos e hoje o que somos
    Se você me queria, te dizer
    Que também mudou meus planos
    Muher que não me esquece, vem
    Na barra pesada para te proteger
    Mas se você não vem, não quer
    Não venha me ver, fico pior
    Por favor me deixe só amor

    Pela tristeza do olhar que me condena
    Que pena amor, que pena
    Por deselegâncias pequenas, pequei
    Na ânsia de acerta-lo, errei, porra!
    Malandro sem razão não é ninguém
    Fala alto, se altera, fez merda, ai já era
    Um motivo fútil pô, só preciso
    Me sentir útil amor, pra você

    Sei não, posso até morrer de dor
    Nesse silêncio ensurdecedor
    Porque, antes de morrer posso também matar
    Sofrer de amor e mesmo de amargar, moro
    Não viro, então demoro, e eu
    Cheguei a conclusão que fodeu
    O que faço, em tempo de elogios escassos
    E a sombra, do fracasso me assombra
    Homem bom, homem bomba, sou mal, não faco jus
    Só eu sei Jesus, como te amo e espero
    Se não me quer como te quero é a vida
    Triste é a partida, deixa o trem seguir
    E como o resto de sol no mar, foi assim
    O cheiro no copo vazio de gim
    Que pena amor, que pena

    Que se foda eu também vou explodir
    Bin laden por ai, raivoso como bicho
    Luxo do luxo ao lixo de manha
    Noites e noites vãs, buscando alguém
    Tanta solidão a quem convém?
    Que pena amor, que pena

    Te apresentei a lua do amantes
    Gosto extravagante de Deus pra você ver
    E fui profundo, nesse outro mundo que e você
    Paraíso carnal, exuberante
    Perigosa e durans, curvas insinuantes
    Avisei antes pra não brincar de amor comigo, amor
    Dizer que nosso show já terminou
    Que pena amor, que pena

    Ou sim, ou não, te amo
    Nesse inverno quero ter você

    Amor distante

    Letra enviada por Luiz
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Racionais Mc's

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.