Uma Virgem

Quim Barreiros


Fui á apanha da azeitona
Comecei a varejar
Linda mulher vi eu
Pus-me logo a enredar
Era boa como o milho
Apesar de quarentona
Está mo papo trigo limpo
É simpática a solteirona

Debaixo da oliveira
Meu coração ja falava
Mas fiquei quêdo e mudo
Quando ela me confessava
"Sei que os tempos são outros
Eu só encontro judeus
A mim ninguém me tocou
Eu guardo o que Deus me deu"

Refrão (bis)
Uma virgem, meu Deus, è milagre
Nunca vi mulher assim
O que não serviu p'rós outros
Também não serve p'ra mim

Fui á apanha da azeitona
Comecei a varejar
Linda mulher vi eu
Pus-me logo a enredar
Era boa como o milho
Apesar de quarentona
Está mo papo trigo limpo
É simpática a solteirona

Debaixo da oliveira
Meu coração ja falava
Mas fiquei quêdo e mudo
Quando ela me confessava
"Sei que os tempos são outros
Eu só encontro judeus
A mim ninguém me tocou
Eu guardo o que Deus me deu"

Refrão (bis)

Refrão (bis)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quim Barreiros no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS