O Telefone

Quim Barreiros


Tira o dedo, põe o dedo
Mete o dedo devagar
Usa o dedo com carinho
E bota devagarinho quando fores telefonar

Ele está à tua espera, é um grande amigão
Dia e noite na calçada á tua disposição
É uma grande maldade deixá-lo cair ao chão

Mete o cartão na rachinha, telefona à vontade
O telefone é do povo, tem bastantes na cidade
Vive melhor nesta terra quem não pratica a maldade

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quim Barreiros no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS