Página inicial > Q > Quebrando Regras > O Diário De Sophia

O Diário De Sophia

Quebrando Regras


Com um fio de pontas duplas buscando a sua redenção
Em meio a cortes e mentiras, ambições e ilusões.

Mais uma noite trancada em seu quarto
Olhando o sangue que escorre dos seus braços
Seu coração que é destroçado em pedaços
E a angústia de um vazio premeditado.

Se afogando na escuridão, mais um corpo sem direção
Buscando um tudo que se perdeu no nada
O desespero de uma alma abandonada.

Retire a máscara que cobri o seu rosto,
Me mostra a tua verdeira face
Acho que agora tudo se tornou
O oposto daquilo que você sonhava e precisava.

Todos lhe julgam sem ao menos entender
O sofrimento que ela passa sem dizer
A ignorância de um ser inteligênte
Que se perdeu em meio a ratos e serpentes.

Vozes que ti dizem o que fazer
E que controlam o seu modo de viver
Como um fantoche que se esconde da verdade
A decadência de uma pseudo-sociedade.

Retire a máscara que cobri o seu rosto,
Me mostra a tua verdeira face
Acho que agora tudo se tornou
O oposto daquilo que você sonhava e precisava.

Letra enviada por Matheus Dickinson

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quebrando Regras no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS