Página inicial > Samba > Q > Quatro Ases e um Coringa > O Samba Não Morre

O Samba Não Morre

Quatro Ases e um Coringa


Eu vi a Favela desaparecer
Eu vi a Lapa se transformar
Eu vi morrer a Praça Onze
Eu vi tudo isto sem reclamar
Mas felizmente ficou o samba
E com o samba ninguém pode acabar
Pois nele existe uma lembrança singela
Da Praça Onze, da Lapa e da Favela

Não é preciso haver Salgueiro
Nem Estácio de Sá
Mangueira pode emudecer
Vila Isabel pode acabar
Pode acabar o romance, o luar e o violão
Tudo pode acontecer, menos o samba morrer

Compositor: Arlindo Marques Jr. / Marino Pinto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quatro Ases e um Coringa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS