Página inicial > Samba > Q > Quatro Ases e um Coringa > No Ceará É Assim

No Ceará É Assim

Quatro Ases e um Coringa


Eu só queria
Que você fosse um dia
Ver as praias bonitas
Do meu Ceará!

Tenho a certeza que você gostaria
Dos mares bravios,
Das praias de lá.

Onde o coqueiro tem palma bem verde
Balançando ao vento
Pertinho do céu.

E lá nasceu a virgem do poema,
A linda Iracema
Dos lábios de mel!

Oh, quanta saudade! (bis)

A jangadinha
Vai no mar deslizando.
O pescador,
Seu peixe vai pescando
No verde mar
Que não tem fim
No Ceará é assim!

Compositor: Carlos Barroso

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quatro Ases e um Coringa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS