Substituição

Quarteto Voss


Outro dia sentado escrevendo minhas canções
Recordando momentos felizes com meus irmãos
São histórias, lembranças que a vida não deixa esquecer
São marcas que o tempo nunca fará desaparecer
Mas nenhuma história é maior que aquela da Cruz
Onde a Graça escreveu em meu peito canções de vida e luz
E se posso estar com amigos
E ainda cantar dos momentos que vivo
Devo o que recebi ao sangue de Cristo Jesus!

Quando eu chorei, Ele chorou!
Quando eu sorri, Ele sorriu!
Pra eu viver, Ele morreu!
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu

Sem sangue sem entrega não pode haver perdão
Mesmo assim o Cordeiro Divino agiu em substituição
Caminhou os meus passos tomou minhas dores
Carregou minha cruz e viveu meus horrores
E me deu vivo acesso a sala do trono do próprio Deus

Quando eu chorei, Ele chorou!
Quando eu sorri, Ele sorriu!
Pra eu viver, Ele morreu!
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu

As canções que escrevo são cartas vivas do amor
Pra que o mundo veja e conheça o Deus que me salvou!

Quando eu chorei, Ele chorou!
Quando eu sorri, Ele sorriu!
Pra eu viver, Ele morreu!
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu
Tomou o meu lugar e perdão me concedeu

Compositor: Daniel Salles

Letra enviada por Thiago Breginski

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quarteto Voss no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS