Quarteto Coração de Potro

Eu Guitarreiro

Quarteto Coração de Potro


Meu verso é fato e relato
Que transpõe meu sentimento
Se me tomam por pequeno
E assim querem me deixar
Me ponho a guitarrear
Só pra ver quem é menos

Minha guitarra tem segredos
Nos bordoneios matreiros
No coração e nos dedos
A melodiosa mensagem
Na xucra cumplicidade
Com a alma do musiqueiro

A guitarra sabe bem de mim
Como eu sei da guitarra
Por isso que se abaguala
Nesta milonga potra
E floreia mais que as outras
Por ter o campo na alma

A guitarra sabe bem de mim
Como eu sei da guitarra
Por isso que se abaguala
Nesta milonga potra
E floreia mais que as outras
Por ter o campo na alma

Meu canto tem opinião
Pois fala a verdade nua
Tem voz forte tem candura
Não humilha mais retosa
Fecha a cara e se alvorota
Na mais primitiva cultura

Quando minha guitarra chora
Transparecem minhas penas
E nesta crioula essência
Do verso e do canto claro
Pareço estar de acavalo
Quando a seis tento ponteia

A guitarra sabe bem de mim
Como eu sei da guitarra
Por isso que se abaguala
Nesta milonga potra
E floreia mais que as outras
Por ter o campo na alma

A guitarra sabe bem de mim
Como eu sei da guitarra
Por isso que se abaguala
Nesta milonga potra
E floreia mais que as outras
Por ter o campo na alma

Compositor: Kiko Goulart

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quarteto Coração de Potro no Vagalume.FM

ESTAÇÕES