Contempla o Rosto

Quarteto Athus


Ao ouvir a multidão
Poderia já saber
Pra o que fiz, condenação
Transgressores devem, pois, morrer
Todo povo, então, gritou
Crucifica esse aí!

Eu pensei: Meu fim chegou
Ao olhar, não entendi o que vi
Quem é o homem que está em meu lugar?
Então disseram pra mim
Oh, Barrabás

Contempla o rosto de quem te libertou dessa prisão
Agora já és livre
Contempla o rosto de quem te libertou
E sempre te libertará
Dessa prisão

Nesta vida é sempre assim
Quem pecar, sim, morrerá
Nunca penses que e teu fim
Pois Jesus tomou o teu lugar
Da mesma forma que fez com Barrabás
O teu pecado então perdoará
Contempla o rosto de quem te libertou dessa prisão
Agora já és livre
Contempla o rosto de quem te libertou
E sempre te libertará
Dessa prisão

Contempla o rosto de quem te libertou dessa prisão
Agora já és livre
Contempla o rosto de quem te libertou
E sempre te libertará
Dessa prisão
(Te libertou e sempre te libertará)

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quarteto Athus no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS