Página inicial > Q > Quadrilha B.O > A Esquerda Resiste

A Esquerda Resiste

Quadrilha B.O


Puta que pariu eu deveria andar tranquilo
Criei as minhas leis sai fora desse trilho
Quando tento ficar quieto essa porra me ataca
Pequei perante a Deus pois eu sei, a carne é fraca
O mal que me rodeia, caminhos obscuros
Cadeia atual, detenção sem muro
Bandido tem diploma e está bem sucedido
Orgia ostentação e nós se fode meu querido
A vontade que já deu foi de pegar a glock
Descer lá no bradesco e deixar os lok em choque
Mais não é a nossa cara nem resolve o mundo
Guerreiro vai na fé e se apega nos estudos
Armadilha do sistema para morrer sozinho
Ladrão de sentinela e as putas no caminho
Relaxa antes de sacar e leia um salmo
Aprisionado na cidade é raridade eu estar calmo
Você acha mais seguro pagar um segurança
Do que criar escola pra educar criança
Você acha mais seguro
Os órfãos do passado é os monstros do futuro
As grades não segura o peito não suporta
Mais uma vítima morta
Mais um rap sendo escrito
Prometeu, prometeu e não cumpriu o que foi dito
Tratado de paz assinado pela onu
Financiando arma, pra matar os manos
A onu pede paz, o papa pede paz, os rico pede paz, o povo aqui jaz
Os menino ta cruel e se vim vai morrer mais
Sou animal pensativo fugindo do zoológico
Quadrilha b. o. Risco biológico!

De punho fechado fiz tremer quem bebe bacardi
Xinguei terno e gravata, destruí maxilares
Fiz lágrimas caírem e vários dos lares
Depois de mô cota vi que na resistência não se faz as pazes
Mil bombas explodirão a minha direita
Dez mil bombas explodirão a minha esquerda
Em um livro de 100 páginas o controle remoto não controla
Mas em mente sem gente a tv faz a festa do capeta
É a peste, quem não preste que não se feche
E não se mete a nerd porque aqui você perde
Não conteste, siga o mestre, obedece
Esse é o teste, esse é o teste, esse é o teste
Ostenta marginal, ostenta os kit do mal
Mulher quer igualdade mas não sabe se respeitar
Então sarra novinha no grau até sua buceta não aguentar
E você não conseguir mais andar... ta vendo no que dá
Veja um livro, use a mente, veja quem é seu inimigo
Para com isso, solta o pente, mude seu destino
Trabalhe o triplo insistente, sei que a vida é difícil
Mas tente, tente e tente sorrindo
Hoje fiz tudo como sempre mas está tudo tão distante
O cheiro é diferente mas o gosto ainda é de sangue
Tem mais corpos, mais mortos e ainda vários praticantes
Hoje o mundo é mais escuro do que ontem!

É os loco insano do quadrilha b. o
Já construí pirâmide, to naipe um faraó
Em nome do espírito, pai e do filho
Por aqui apertam baseados, apertam gatilho
E por que o crime? Querem dinheiro e fama?
Querem ser khalifa? Querem ser montana?
E os boot de mil celulares touch screen
Negro! Ta sempre bom se as verde sorrir pra mim
Mais cifrões! Soam como folclore
É muito difícil! Mais nós faz o corre
E corre, mais que carl lewis
Vai ser só detalhe, corrente e um grillz
Se sentindo livre toma energético e catuaba
A estátua da liberdade é livre, é só uma estátua
Horas vão passando mais eu friso nos segundos
Represento minha quebrada mais sempre penso no mundo
Coração vagabundo jogando lavagem aos porcos
Quero que tenha muito quem se contenta com pouco
Sei o que traz o cheiro de um tênis novo
A ovelha logo em pele de lobo
Os cheio de si com o espírito oco
Vão oferecer o ódio e nós da o rap de troco!

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Quadrilha B.O no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS