Projota
Página inicial > Hip Hop > P > Projota > A Guerra

A Guerra

Projota


O meu destino é tão distante,
Mas eu não caminhei o bastante
Durante a noite
Eu vivo em guerra constante
Por isso que eu sigo avante

Levante e cante
A guerra é um bom sinal.
Meus pés cansados da estrada
Preciso de um gole d?água mais não tenho o refugio

Mil pensamentos diferentes na cabeça tentando me controlar
Fico cada vez mais confuso
Vejo o sangue do inimigo
derramado nesse solo
A minha vida é um livro e não tem páginas

Caminho atenciosamente, pois eu sei que ali na frente
Posso me afogar nas minhas próprias Lágrimas.
Eu dobro meus joelhos olhando várias estrelas
Me concentro nessa minha oração

E somente essa música expressa o que se passa
Pelo ritmo que está meu coração
Preciso ser maior que o cansaço,
Pois eu vivo dia a dia nessa terra de gigantes
Pois mais que eu alcance essa metas
Nunca se chega tão longe o bastante

O meu destino é tão distante
Mais eu não caminhei o bastante
Durante a noite
Eu vivo em guerra constante
e por isso eu sigo avante
Levante e cante

A guerra é um bom sinal porque se
Existe guerra e eu fui preparado pra tal
A guerra é um bom sinal por que se existe guerra essa vida ainda é real
Em toda guerra existe um vencedor
Mais a minha guerra sempre foi entre a minha vontade e o meu valor
Minha vontade quis um mundo de justiça mais o meu valor pro mundo sempre foi um saco de carniça
E os urubus me viram lá a refeição do dia
O prato principal pra devorar
Um simples ponto visto lá do céu
Mais o meu general acreditou em mim e disse qual o meu papel
Me disse pra eu levantar daquela terra buscar as minhas botas
E ser mais um herói dessa guerra

Logo de início eu fui ao chão eu vi meu sangue ali
Escorrendo pelo barro da nação
Mais eu vi minha vontade se aliando ao meu valor
Como algo divino escrevi meu destino como um hino pra um vencedor
Rufaram os tambores para a vitória de mais um trabalhador

O meu destino é tão distante
Mais eu não caminhei o bastante
Durante a noite
Eu vivo em guerra constante

Por isso que eu sigo avante
Levante e cante
A guerra é um bom sinal.
Devo cuidar dos ferimentos

Mantendo pensamentos
Sempre atento enquanto o adversário hostiliza
Com ataques indiretos
Consigo me focar nos meus projetos
Que é o meu trajeto
Ter cuidado esse solo perigoso
Cheio de minas terrestres

Defender meu ideal
Por mais que seja a única coisa que me reste
Marchando vou seguindo
Sem medo de morrer, eu penso desse jeito não há nada pra perder
Sei que muitos me criticam porque acham que eu sou um andarilho inconseqüente e errante

Pra quem perdeu tudo o que tinha em uma guerra
Isso é tudo Irrelevante
O meu destino é tão distante
Mas eu não caminhei o bastante
Durante a noite
Eu vivo em guerra constante
E por isso eu sigo avante
Levante e cante
A guerra é um bom sinal.

Compositor: Projota, Terra Preta

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Projota no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS