Sour Times (tradução)

Portishead

PNYC


Tempos Azedos


Fingir que alguém pode achar

Fantasias e a rosa da manhã

Fruto proibido, mentiras escondidas

Cortesias que eu desprezo

em mim


Dê uma volta, arrisque-se agora

Porque ninguém me ama, é verdade

Não como você


Encoberto pela crença cega

Que fantasia com gritos cheios de pecado

Tolere os fatos, assuma a tintura

Acabe com os votos, não precisa mentir

Aproveite


Dê uma volta, arrisque-se agora

Porque ninguém me ama, é verdade

Não como você


Uh, o que sou eu e por quê?

Porque tudo o que me sobrou são as recordações de ontem

Oh, essas épocas azedas


Porque ninguém me ama, é verdade

Não como você


Depois de um tempo o gosto amargo

Da inocência desintegra

Sementes espalhadas, vidas enterradas

Histórias de nosso disfarce

Renascem

A circunstância vai decidir


Não como você


Porque ninguém me ama, é verdade

Não como você


Porque ninguém me ama, é verdade

Não como você

Sour Times


To pretend that one can find,

Fantasies and morning rose,

Forbidden fruit, hidden lies,

Courtesies that I despise,

In me


Take a ride, take a shot now,

'Cause nobody loves me, it's true,

Not like you do


Covered by the blind belief,

That fantasies of sinful screams,

Bear the facts assume the dye,

End the vows no need to lie

Enjoy


Take a ride, take a shot now,

'Cause nobody loves me, it's true,

Not like you do


Uh, Am I what and why?

'Cause all I have left is the memories of yesterday,

Oh these sour times


'Cause nobody loves me, it's true,

Not like you do


After time the bitter taste,

Of innocence disintegrates,

Scattered seed, buried lives,

Histories of our disguise,

Reborn,

Circumstance will decide


Not like you do


'Cause nobody loves me, it's true,

Not like you do


Nobody loves me, it's true,

Not like you do...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS