Página inicial > Regional > P > Porca Veia > No Coração do Rio Grande

No Coração do Rio Grande

Porca Veia


No coração do Rio Grande
um dia eu fui morar
lá encontrei muito amor
lá aprendi a amar
naqueles pagos chegados
qual aconchego de um lar
domei a força gaudéria
e me apeguei ao lugar
domei a força gaudéria
e me apeguei ao lugar.

Nas entranhas do Rio Grande
a cultura, a tradição
os valores se entrelaçam
em confraternização
lá eu vi a gauchinha
vi também o velho peão
à cantar a prenda minha
à cantar a prenda minha
com sua canha e o chimarrão.

No coração do Rio Grande
um dia eu fui morar
lá encontrei muito amor
lá aprendi a amar
naqueles pagos chegados
qual aconchego de um lar
domei a força gaudéria
e me apeguei ao lugar
domei a força gaudéria
e me apeguei ao lugar.

Na convivência crioula
o Rio Grande me mostrou
toda a beleza da vida
o seu sentido e o que sou
vi o guasca e a chinoca
o minuano e o pampeiro
vi bandos de quero-quero
o chicote e o cavalo
do negro do pastoreio.

No coração do Rio Grande
um dia eu fui morar
lá encontrei muito amor
lá aprendi a amar.

Compositor: Oswaldo Medeiros

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Porca Veia no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS