PĂĄgina inicial > Regional > P > Porca Veia > Cordeona de Alma Viva

Cordeona de Alma Viva

Porca Veia


Cordeona de alma viva chinoca com voz de aço
Pendurada nos meus braços envolvendo no infinito
Num sarandeio bonito como tu china dengosa
Tira manha e tira prosa gauderia por excelĂȘncia
Tu jĂĄ nasceu sem querĂȘncia
Meu lindo botĂŁo de rosa

Cordeona velha amigaça traste que tem sentimento
Expandiu no firmamento que vira de alma nua
Tu Ă© a mais linda xirua que todo mundo esperava
Na vida dos que ainda estavĂŁo com a decisĂŁo dividida
Fou tu chinoca querida
Que completou o que faltava

Cordeona de estilo simples muito pra mim tu retratas
Resto de farrapo lonquiada de judiaria
Das guerras e rebeldias, carrega o fumo do luto
No coraçao dos mais brutos, entrou com facilidade
Qual flechaço de saudade
Que nĂŁo tem substituto

O teu repertĂłrio Ă© vasto, conhecido lĂĄ da arte
Procuro fazer minha parte, quando me abraço contigo
Quero unir os meus amigos como um arco-Ă­ris no morro
Na menina do meu olho vou formar uma gravura
Pra voltar na sepultura
Como um eco nas coxilhas

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Porca Veia no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS