Fogo e Água

Ponto de Equilíbrio

Essa É a Nossa Música


Eu sou fogo, eu sou água, eu sou frio, eu sou quente
Eles vieram me caçar, eu saí sobrevivente
Eu sou fogo, eu sou água, eu sou frio, eu sou quente
Eles vieram me caçar, eu saí sobrevivente

Fugindo da matilha, eles me seguem a toda pilha
o opressor e sua quadrilha
É o opressor e sua quadrilha
é o opressor e sua quadrilha
é o opressor e sua quadrilha
Eles querem minha cabeça a todo custo
me ameaçam, me ameaçam e eu não me assusto
Veja aquele carro ali parado na esquina
tem dois caboclos na espreita e mais três lá em cima
Eu olho para o lado, olho para o outro
a tampa do bueiro solto, eu me meti no esgoto
Me vi num buraco cheio de ratos, contidiano difícil
eu já estava acostumado
Eles estão atrás de mim, porque eu falo
e não me calo, porque eu falo e não me calo

Voltei pra casa num pulo só
mas se eles me pegassem, não teriam dó
Me jogavam na fogueira me reduzindo a pó
Eu tive que fugir pra bem longe dali
pra cavar minha liberdade, a famosa Lili
Seguindo em frente sem temer a nada
o Senhor é meu pastor e abençoa minha jornada
No meio da trilha, na trilha do meio
escapar com vida é o que eu anseio

Eu sou fogo, eu sou água, eu sou frio, eu sou quente
Eles vieram me caçar, eu saí sobrevivente
Eu sou fogo, eu sou água, eu sou frio, eu sou quente
Eles vieram me caçar, eu saí sobrevivente

Daniel saiu ileso da cova dos leões
Por isso o que mais me importa é me firmar nas orações
São cilada que o sistema preparou para mim
Nem o meu melhor amigo me reconhece
Mas eu sou forte como lar firmado na rocha
Não é qualquer pressão que me intimida, me afrouxa
Eu sei de onde vim e sei para onde vou
Tenho total conhecimento de onde ainda estou
E vencerei minha demandas, quem acredita alcança
O tempo é quem manda e anda

Estou bem aqui, venha aqui me pegar
Minha mandinga é das mais fortes, tu não vai me achar
Porque sou fogo quente quando quero queimar
Mas também sou água fria e posso congelar
Vão passar a vida inteira me seguindo
E um de cada vez seguirá por terra caindo
Só quem pode me julgar é Deus
Só ele é quem pode me julgar
Ele quem olha pelos filhos seus
E não será para mim que ele não irá olhar
Porque eu sou fogo, fogo, fogo, fogo quente
Água, água, água

Compositor: Leo Flores, Mateus Pinguim e Helio Bentes

Letra enviada por Thaisa Prisma

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ponto de Equilíbrio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS