Página inicial > Reggae > P > Ponto de Equilíbrio > Ditadura da Televisão

Ditadura da Televisão

Ponto de Equilíbrio

Reggae a Vida com Amor


Na infância você chora
Te colocam em frente da tv
Trocando suas raízes
Por um modo artificial
De se viver

Ninguém questiona mais nada
Os homens do poder
Agora contam sua piada
Onde só eles acham graça
Abandonando o povo na desgraça
Vidrados na tv
Perdendo tempo em vão, em vão.

Ditadura da televisão
Ditando as regras, contaminando a nação
Ditadura da televisão
Ditando as regras, contaminando a nação

O interesse dos grandes
É imposto, de forma sutil
Fazendo o pensamento do povo
Se resumir a algo imbecil
Fofocas, ofensas, pornografias
E pornografias, ofensas, fofocas
Futilidades ao longo da programação

Ditadura da televisão
Ditando as regras, contaminando a nação
Ditadura da televisão
Ditando as regras, contaminando a nação

Numa manhã de sol ao ver a luz
Você percebe que seu papel é resistir, não é
Mas o sistema é quem constrói as arapucas
Que você está prestes a cair .. ô ié

Da infância a velhice
Modo artificial de se viver
Alienação
Ainda vivemos aquela velha escravidão
Aquela velha escravidão .

Ditadura da televisão
Ditando as regras, contaminando a nação.

Compositor: Ponto De Equilibrio

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ponto de Equilíbrio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS