Página inicial > Emocore > P > Polara > Rabo de Galo-cavalo

Rabo de Galo-cavalo

Polara


Estrago e tento não me alterar, vem cá não dá assim
Apesar de até aceitar muitas vezes não consigo
Disfarço, licença eu vou desviar não tenho a ver com isso
Tem coisa que não vale peitar, eu não tento, não consigo

Refrão:
Um rabo de galo ou o seu de cavalo?
Pra eu me comportar melhor...
Eu ouço: "Você ta velho pra isso"

Espaço e tempo a relutar, discordia eu não to afim,
Só que as vezes tem que aceitar, eu não peito, não consigo
Escolho a sentença, não vou prorrogar não tenho a ver com isso,
Apesar de até aceitar, muitas vezes não consigo

Refrão:
Um rabo de galo ou o seu de cavalo?
Pra eu me comportar melhor...
“Você ta mal vestido”

Estrago, tento não me alterar, vem cá
Apesar de até aceitar
Muitas vezes não consigo

Refrão:
Um rabo de galo ou o seu de cavalo?
Pra eu me comportar melhor...
“Suave”

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Polara no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS