Plebe Rude
Página inicial > Punk Rock > P > Plebe Rude > Abre-Te Sésamo

Abre-Te Sésamo

Plebe Rude


E lá vou eu de novo um tanto assustado
Com Alibaba e os quarenta ladrões
Já não querem nada com a pátria amada
E cada dia mais enchendo os meus botões

E lá vou eu de novo, brasileiro nato se
Eu não morro eu mato essa desnutrição
A minha teimosia brava de guerreiro
É o que me faz o primeiro dessa procissão

Fecha a porta, abre a porta
Abre-te sésamo
Fecha a porta, abre a porta
Abre-te sésamo

E lá vou eu de novo vamo na gangorra
No meio dessa porra desse vai e vem
É tudo mentira quem vai nessa, pira
Atrás do tesouro de ali-bem-bem

E lá vou eu de novo, brasileiro nato se
Eu não morro eu mato essa desnutrição
A minha teimosia brava de guerreiro
É o que me faz o primeiro dessa procissão

Fecha a porta, abre a porta
Abre-te sésamo
Fecha a porta, abre a porta
Abre-te sésamo

Compositor: original de Raul Seixas

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Plebe Rude no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS