• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Sorrow
    The sweet smell of a great sorrow lies over the land
    Plumes of smoke rise and merge into the leaden sky
    A man lies and dreams of green fields and rivers
    But awakes to a morning with no reason for waking

    He's haunted by the memory of a lost paradise
    In his youth or a dream, he can't be precise
    He's chained forever to a world that's departed
    It's not enough, it's not enough

    His blood has frozen & curdled with fright
    His knees have trembled & given way in the night
    His hand has weakened at the moment of truth
    His step has faltered

    One world, one soul
    Time pass, the river rolls

    It's not enough it's not enough
    His hand has faltered


    And he talks to the river of lost love and dedication
    And silent replies that swirl invitation
    Flow dark and troubled to an oily sea
    A grim intimation of what is to be

    There's an unceasing wind that blows through this night
    And there's dust in my eyes, that blinds my sight
    And silence that speaks so much louder than words
    Of promises broken
    Tristeza
    O doce cheiro de uma grande tristeza escorre pelo ar
    Colunas de fumaças sobem e unem-se no céu cinzento
    Um homem deita e sonha com campos verdegantes e rios
    Mas desperta em uma manhã sem motivos para acordar

    Ele é assombrado pela lembrança de um paraíso perdido
    Em sua juventude ou em seus sonhos, não sabe dizer
    Ele está preso para sempre a um mundo que já se foi
    Não é o bastante, não é o bastante

    Seu sangue congelou e talhou com o medo
    Seus joelhos tremeram e cederam na noite
    Sua mão fraquejou na hora da verdade
    Seu andar vacilou

    Um mundo, uma alma
    O tempo passa, o rio flui

    Não é o suficiente, não é o suficiente
    Suas mãos fraquejaram


    E ele conversa como rio de amor e dedicação perdidos
    E o silêncio responde com um confuso convite
    Maré escura e agitada fluem para um mar oleoso
    Uma insinuação horrenda do que é para ser

    Há um vento incessante que sopra através desta noite
    E há poeira em meus olhos que encobrem minha visão
    E o silêncio que fala mais alto do que palavras
    De promessas quebradas


    Aviso

    Esta tradução ainda não está completamente revisada pelos fãs e equipe do Vagalume. Colabore conosco enviando uma correção completa »


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Pink Floyd

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.