Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Nobody home
    I've got a little black book with my poems in
    Got a bag with a toothbrush and a comb in
    When I'm a good dog, they sometimes throw me a bone in

    I got elastic bands keepin my shoes on
    Got those swollen hand blues
    Got thirteen channels of shit on the T. V. to choose from
    I've got electric light
    And I've got second sight
    And amazing powers of observation
    And that is how I know
    When I try to get through
    On the telephone to you
    There'll be nobody home

    I've got the obligatory Hendrix perm
    And the inevitable pinhole burns
    All down the front of my favorite satin shirt
    I've got nicotine stains on my fingers
    I've got a silver spoon on a chain
    I've got a grand piano to prop up my mortal remains

    I've got wild staring eyes
    And I've got a strong urge to fly
    But I got nowhere to fly to
    OOh, Babe when I pick up the phone

    "Surprise, surprise, surprise... " (from Gomer Pyle show)
    There's still nobody home

    I've got a pair of Gohills boots
    and I got fading roots
    Ninguém em Casa
    Eu tenho um pequeno livro preto com meus poemas
    Tenho uma mochila com uma escova de dentes e um pente
    Quando sou um bom cão, às vezes eles me jogam um osso

    Eu tenho elásticos mantendo meus sapatos
    Tenho aquelas mãos azuis e inchadas
    Tenho treze canais de merda na T. V. para escolher
    Eu tenho luz elétrica
    E eu tenho um instinto
    E tenho incríveis poderes de observação
    E é assim que eu sei
    Quando eu tentar conversar
    Pelo telefone com você
    Não haverá ninguém em casa

    Eu tenho o obrigatório corte de cabelo Hendrix
    E as inevitáveis pequenas queimaduras
    Todas embaixo de minha favorita camisa de cetim
    Eu tenho marcas de nicotina nos meus dedos
    Eu tenho uma colher de prata numa corrente
    Eu tenho um piano para escorar meus restos mortais

    Eu um selvagem olhar fixo
    E eu tenho uma enorme vontade de voar
    Mas eu não tenho nenhum lugar para ir
    Ah, querida, quando eu ligo-te no telefone

    "Surpresa, surpresa, surpresa"
    Ainda não tem ninguém em casa

    Eu tenho um par de botas de escalada
    E eu tenho raízes emurchando




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Pink Floyd

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.