Near The End Of The World (tradução)

Peter Von Poehl


Perto do fim do mundo


Eu deixei cair algumas conchas no meu caminho

Far é a duna de areia de rubi

Onde eu me sentava

E observe o tempo de parada

eu cruzei uma aldeia feita de gelo

casas silenciosas Branco chorar à noite

Um lago que nunca quebra

Realizado o eco de seu nome

Fui direto, o labirinto em colapso

Eu segui o caminho sem volta

Ela pode me encontrar

Perto do fim do mundo

vi velas acesas em uma colina

A luz ou o pensamento ainda permanecia

O horizonte estava disfarçado

Como um longo corredor

Então eu peguei alguns espinhos na estrada

O sentido das setas

me mostrou onde

O apanhador no meu sonho

tirou um retrato dela

Fui direto, o labirinto em colapso

Eu segui o caminho sem volta

e nunca olhou para trás

Estou quase lá

E não há como voltar

Eu segui o caminho sem volta

Ela pode me encontrar

Perto do fim do mundo

Near The End Of The World


I dropped a few shells on my way

Far is the dune of the ruby sand

Where I would sit

And watch the time stopping by

I crossed a village made of ice

White silent houses weep at night

A lake that never breaks

Held the echo of her name

I went straight, the labyrinth collapsed

I followed the road of no return

She might find me

Near the end of the world

I saw candles burning on a hill

The light or the thought remained still

The horizon was disguised

As a long corridor

So I picked a few thorns on the road

The sense of the arrows

Showed me where

The catcher in my dream

Drew a portrait of her

I went straight, the labyrinth collapsed

I followed the road of no return

And never looked behind

I'm almost there

And there's no coming back

I followed the road of no return

She might find me

Near the end of the world

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS