Página inicial > Romântico > P > Péricles > Insensatez/É Tanta

Insensatez/É Tanta

Péricles


Sua insensatez provocou
A desarmonia do nosso viver
Mais tarde sei que vai sentir
A falta que faço a você
Bem melhor é tentar outra vez
Procurar reconciliação
Pois sabemos muito bem
Como dói a separação
Seu doce perfume me envolve
E devolve o carinho ao nosso viver
Sou feliz ao seu lado meu bem querer

Sua insensatez provocou
A desarmonia do nosso viver
Mais tarde sei que vai sentir
A falta que faço a você
Bem melhor é tentar outra vez
Procurar reconciliação
Pois sabemos muito bem
Como dói a separação
Seu doce perfume me envolve
E devolve o carinho ao nosso viver
Sou feliz ao seu lado meu bem querer

Não brigue amor
Não brigue comigo amor
Não magoe meu coração
Porque estamos juntos
Para o que der e vier
Me faz um dengo bem gostoso
E me chama de benzinho
É isso que seu nego quer

Deixa de lado a vontade
De ferir meu coração
Não pode existir entre nós ingratidão

Não brigue amor
Não brigue comigo amor
Não magoe meu coração
Porque estamos juntos
Para o que der e vier
Me faz um dengo bem gostoso
E me chama de benzinho
É isso que seu nego quer

Deixa de lado a vontade
De ferir meu coração
Não pode existir entre nós ingratidão


É tanta, emoção que eu sinto
Toda vez que minto, tentando esconder
Ela já não me ama
Ela já não me vê como me viu um dia
A moça, resolveu ir embora
Meu Deus e agora o que faço eu
Falo que não foi nada
Digo que não doeu
Pra tentar ocultar

A vontade que sinto de saber, amor
O teu novo endereço
E te escrever dizendo assim, amor
Volte logo que a vontade de te ver
É tanta

A vontade que sinto de saber, amor
O teu novo endereço
E te escrever dizendo assim, amor
Volte logo que a vontade de te ver
É tanta

É tanta

É tanta

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Péricles no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS