Página inicial > Romântico > P > Péricles > Canto da Razão

Canto da Razão

Péricles

Nos Arcos da Lapa


Lalaiá, lalaiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá
Ê laiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá

Lalaiá, lalaiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá
Ê laiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá

Quantas mal dormidas
Em claro eu passei
Tentando achar uma saída
Mas como eu lutei

A mágoa sofrida
Retratos da vida
Paixão recolhida porém

Foi dura a missão
A voz da razão
O canto que finda o sofrer

Ouvindo o som dos tantans
Sentindo os balangandans
Repique, pandeiro, cavaco e viola
A tristeza vai embora

Ouvindo o som dos tantans
Sentindo os balangandans
Repique, pandeiro, cavaco e viola
A tristeza vai embora

Lalaiá, lalaiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá
Ê laiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá

Lalaiá, lalaiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá
Ê laiá, lalaiá lalaiá lalaiá lá

Quantas mal dormidas
Em claro eu passei
Tentando achar uma saída
Mas como eu lutei

A mágoa sofrida
Retratos da vida
Paixão recolhida porém

Foi dura a missão
A voz da razão
O canto que finda o sofrer

Ouvindo o som dos tantans
Sentindo os balangandans
Repique, pandeiro, cavaco e viola
A tristeza vai embora

Ouvindo o som dos tantans
Sentindo os balangandans
Repique, pandeiro, cavaco e viola
A tristeza vai embora

Compositor: Ademir Fogaça, Leandro Lehart

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Péricles no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS