Página inicial > Pop/Rock > P > Pedra Letícia > Como Que Ocê Pôde Abandoná Eu

Como Que Ocê Pôde Abandoná Eu

Pedra Letícia

Pedra Letícia


Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Aquele zóio verde eu garanto que é lente
O meu é vesgo mas é natural
E aquele volume olhando de frente
É enchimento, aquilo não é normal

O Bmw deve ser roubado
Já meu Belinão ocê me viu comprar
Foram 15 prestação que eu paguei atrasado
Massó farta 2 e eu vou quitar

Agora que eu quero ver
Você sofrer na mão daquele mané
Eu nunca fiz a sua xana doer
E o apelido dele é tripé

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Se ele faz Direito eu faço Enfermagem
Se luta jiu-jitsu eu jogo dominó
Se ele só bebe whisky Johnny Walker
Eu só bebo Druris e Schincariol

Se nas férias dele vai pra Nova York
Pega o avião, embarque, desembarque
Muito melhor é lá em Caldas Novas
Quero ver ter água quente lá no Central Park

Agora que eu quero ver
Quem vai te levar pra lanchar
Coxinha, esfiha e pastel
E dividir um guaraná

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Ficar sem você eu não sei se consigo
Você foi embora e me deixou chorando
Beijo a calcinha que você deixou comigo
E no meu Philco-Hitachi tá rolando Wando

E pra terminar ouça o que eu te digo
O que esse homem quer é aproveitar docê
Fica comigo! Aceite o meu pedido!
Nem que seja uma só noite que é pra nóis metê!

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Como que ocê pôde abandoná eu
Se nóis foi sempre siliz
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis

Compositor: Fabiano Cambota, Fabiano Áquila

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Pedra Letícia no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS