Página inicial > Romântico > P > Paulo Sérgio > Parto em Preto e Branco

Parto em Preto e Branco

Paulo Sérgio


Eu que era tão pequeno pra saber
Já podia entender coisas que a minha mãe dizia
Que eu era conseqüência de um amor
E que o silêncio do meu pai, sem querer, sacrificou
Em certa tarde minha mãe andava só
E a tristeza que sentia refletia toda em mim
Do meu mundo, tão pequeno, tão criança
Eu guardava a esperança dessas coisas resolver
Eu que era tão pequeno pra saber
Já podia entender coisas que a minha mãe dizia
Que eu era conseqüência de um amor
E que o silêncio do meu pai, sem querer, sacrificou
Agora eu lembro aquela sala muito branca
Uma espera muito longa, e uma voz que disse
"É sua vez! ", minha mãe, não ouvindo os meus apelos
Não sentiu meu desespero, me perdeu sem perceber
Eu que era tão pequeno pra saber
Já podia entender coisas que a minha mãe dizia
Que eu era conseqüência de um amor
E que o silêncio do meu pai, sem querer, sacrificou

Compositor: Wando

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paulo Sérgio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS