O Retrato

Paulo Sérgio


Eu já estava me acostumando sem te ver
Cheguei até a passar semanas sem de ti lembrar
E comecei a construir um mundo só pra mim
Mundo de amor, felicidade e sem saudade

Mas de repente, em minhas coisas, eu encontrei
O seu retrato, que estava escrito eu te amo
E deu vontade de rasgar e jogar fora
Mas na hora a coragem eu não encontrei

O amor foi bem mais forte, eu sei
Impedindo aquele gesto meu
Outras coisas suas procurei para abraçar
E gritar que o meu amor não morreu

Preciso agora, mais que antes, dos teus braços
Pois neles, sei, vou esquecer os meus fracassos
Eu necessito agora tanto dos carinhos seus
Volte, eu te peço, te imploro, pelo amor de Deus

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paulo Sérgio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS