Página inicial > Forró > P > Paulinho, Cancioneiro > O Véio Tá Podendo

O Véio Tá Podendo

Paulinho, Cancioneiro


Agora o veio tá podendo, agora o veio tá podendo
Agora o véio tá danado o véio tá arretado
Agora o véio tá podendo

Agora o veio tá podendo, agora o veio tá podendo
O coro come todo dia credo em cruz ave maria
Agora o veio ta podendo

Antigamente era aquele sofrimento
Toda noite era um tormento e o véio não podia
Era raíz, garrafada e catuaba
Nada disso adiantava e o veio não podia

Todo sem jeito ele então foi ao doutor
Que pra ele receitou as famosa azuzinha
E hoje em dia o véio já tá curado
Agora o véio tá podendo o que antes não podia

Sua patroa que andava tão tristonha
Hoje está muito risonha na maior felicidade
Estão vivendo uma nova lua de mel
O veio cumpre seu papel o coro come todo dia

Agora o véio está muito apaixonado
Apesar da sua idade faz a festa todo dia
Naquela casa é só felicidade
Agora o véio tá podendo o que antes não podia

Compositor: Paulo Pelissari / Luis rufatto

Letra enviada por Paulo Sérgio Pelissari Pelissari

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paulinho, Cancioneiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS