Página inicial > Forró > P > Paulinho, Cancioneiro > Despedida do Ano Velho

Despedida do Ano Velho

Paulinho, Cancioneiro


Aonde vais oh bom velho
Andando de passos lentos
Este é o caminho que leva
Ao tumulo do esquecimento

Por que vais triste e sozinho
Descanse numa pousada
Já é tarde é muito tarde
Pra seguir a jornada

E o velho de barbas brancas
Que o tempo esbranquiçou
Lembrando da mocidade
Sua história contou

Fui moço coberto de glória
Sonhando com um novo porvir
A minha hora é chegada
É o momento que devo partir

Saí era meia noite
Por essa estrada comprida
Vou sepultar no passado
As ilusões desta vida

Não posso parar de cansado
Não posso recomeçar
Eu sou o tempo que passa
Que nunca pode parar

Adeus alegria da vida
Amores da mocidade
Refúgio do pensamento
Vou reviver na saudade

E quando tiver já bem longe
Na estrada da vida sem flor
Eu sou uma voz no deserto
Que clama a saudade do amor

E um vulto já longe ia
Depois da despedida
Olhando para trás disse
Adeus mocidade querida

Compositor: Paulo Pelissari / Luis Rufatto

Letra enviada por Paulinho Cancioneiro

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paulinho, Cancioneiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS