Chão de Areia

Paula Fernandes

Hora Certa


Eu que muito ganhei
E tanto perdi
Desde a infância

E na dor aprendi
Que o tom mais ruim
Tem cor de esperança

Humm
Há sonhos que repousam sobre um chão de areia
Humm
E há outros que por fim
Navegam seu conves
Num mar de estrelas!

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena

Nessa briga contra tudo quem venceu foi ela

Eu que muito ganhei
E tanto perdi
Desde a infância

E na dor aprendi
Que o tom mais ruim
Tem cor de esperança

Humm
Há sonhos que repousam sobre um chão de areia
Humm
E há outros que por fim
Navegam seu conves
Num mar de estrelas!

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena

Nessa briga contra tudo quem venceu foi ela

Foi ela, foi ela
Ouvi a vida me chamar

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena

Nessa briga contra tudo quem venceu foi ela

Eu pouco vivi
E tanto perdi
Por ter esperança

Compositor: Paula Fernandes/ Claudia Brant

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paula Fernandes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS