Página inicial > Sertanejo > P > Paula Fernandes > Caminhoneiro (Com Dominguinhos)

Caminhoneiro (Com Dominguinhos)

Paula Fernandes

Encontros Pelo Caminho


Todo dia quando eu pego a estrada
Quase sempre é madrugada
E o meu amor aumenta mais
Porque eu penso nela no caminho
Imagino o seu carinho
E todo o bem que ela me faz
A saudade então aperta o peito
Ligo o rádio e dou um jeito
De espantar a solidão
Se é dia eu ando mais veloz
E à noite todos os faróis
Iluminando a escuridão

Eu sei,
To correndo ao encontro dela
Coração tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei,
Todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára – choque
Um coração e o nome dela

Já rodei o meu país inteiro
Como bom caminhoneiro
Peguei a chuva e cerração
Quando chove, o limpador desliza
Vai e vem no pára – brisa
Bate igual meu coração
Doido pelo doce beijo
Olho cheio de desejo
Seu retrato no painel
É no acostamento dos seus braços
Que eu desligo o meu cansaço
E me abasteço desse mel
Olho o horizonte, vou em frente
To com Deus e to contente
Meu caminho eu sigo em paz

Compositor: John Hartford / Versão: Roberto Carlos & Erasmo Carlos

Letra enviada por Luciara Elderkin

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Paula Fernandes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS