Página inicial > Rock > P > Patrola > Caixa de Pandora

Caixa de Pandora

Patrola


Se as vezes bate um vento na janela do teu carro
sem explicação
Se teu olhar se perde em momentos de agonia
vivendo a ilusão
Teus passos tão calmos distanciam pouco a pouco
entre o sim ou não
E a vida te parece crer que não a nada a oferecer
não
E quando todos falam ao mesmo tempo chega o ponto
de não escutar
Sua vida despencando, seus caminhos vão fechando
você está tão só
Preso ao presente, almejando um futuro
Algo bem melhor
Mas a vida te encaminha a crê
que não ahá nada a oferecer
não

Tão longe do fim, tão perto do início
Talvez não seja um precipício
Tão longe do fim, tão perto do início
Tudo na vida pede algum sacrifício
Procuro a resposta viva
Pros meus tempos de aurora
Encontro a mais cara obtida
Nessa caixa de pandora
Nessa indagação sem vida
Vejo o mundo que outrora
Ungia a fé perdida nessa caixa de pandora

E o que fizeram com tua fé?
Uma confusão
Como moldaram tua crença?
Uma contradição
E o que disseram pra você?
Vá embora
Se te fizeram revolver
Nessa caixa de pandora

Letra enviada por Leandro Saueia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Patrola no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS