Página inicial > MPB > P > Patricia Mellodi > Quando A Porta Bateu

Quando A Porta Bateu

Patricia Mellodi


A fonte secou
O corpo adoeceu
O sonho ruiu
A sala esse vázio
O rosto encharcou
A alma estremeceu
O peito congelou
O dia virou breu
Quando a porta bateu
O riso estancou
A voz desfaleceu
Tristeza se instalou
Futuro disse adeus
Silêncio se fez
A paz então reinou
Tão livre de tudo
Mas sem teu amor
Mas sem teu amor
Tempo, passe depressa destrói a esperança
Diz que tudo acaba bem
Tempo, passe depressa e apaga da memória
Esse amor essa história
Tempo passe depressa e traz a fortaleza
Todo o brilho e a beleza
Tempo, passe depressa e faz passar a dor
Faz passar a dor

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Patricia Mellodi no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS