• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    José trabalhava na carpintaria
    Cuidando zeloso da sua Maria
    Maria esperava chegar sua hora
    No ventre levava seu filho e Senhor
    Mas eis que um decreto os arranca do teto
    Que foi testemunha do mais puro amor
    E assim foi que, antes de haveres nascido
    Te viste banido pelo imperador

    Por longas estradas que ainda não vias
    Sem eira, nem beira, calado seguias
    No ventre materno escondido rumavas
    Pra onde mandava teu Pai lá no céu
    Mas eis que em Belém não encontras morada
    Maria, cansada, não pode esperar
    E assim tu nasceste mirando as estrelas
    No ventre da terra e distante do lar

    A tua pobreza escondia um segredo
    E naquele palácio um patrão teve medo
    E dizem que o rei, paranóico e doente
    Num gesto demente, mandou te matar
    Mas eis que José pressuroso e aflito
    Se asila no Egito pra te proteger
    E assim foi que, ainda pequeno e calado
    Te viste exilado pra sobreviver

    Voltaste do exílio para a Galiléia
    Que o filho do rei governava a Judéia
    Na carpintaria da casa de aldeia
    Não representavas perigo nenhum
    José e Maria te viram crescendo
    E era ali "um por todos e todos por um"
    E assim foi que o fiel carpinteiro morria
    E levaste Maria para Cafarnaum

    A vida era dura, passavam os dias
    O tempo chegara e de casa partias
    Alguém perguntou-te em que lado moravas
    disseste em resposta o que dizem milhões:

    "Se queres saber o caminho que eu traço
    Acompanha meu passo; vem ver e sentir"
    As aves do céu e as raposas têm casa,
    Mas eu, nem sequer, tenho onde dormir"

    Eu olho os milagres de arquitetura
    Colossos enormes rasgando as alturas
    E penso no povo que sofre e padece
    por falta de teto, de amor e de pão
    E leio o decreto que tira do teto
    porque não pagou seu patrão e credor
    E tu que já foste pisado e esmagado
    Exilado e humilhado...
    Liberta teu povo, liberta senhor!

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Padre Zezinho

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.