• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quando eu faço a minha prece
    Eu nunca rezo por mim
    Não é porque não precise
    Nem porque sou orgulhoso
    Mas é porque me ensinaram
    Que o teu amor é sem fim
    Ai, eu penso, comigo
    Se és um Deus tão amigo
    Então já pensas em mim
    Quando eu faço a minha prece
    Nunca digo o que eu preciso
    Quando criança eu pedia
    Mas depois criei juizo
    E penso com meus botões:
    Se és tão pai como dizem
    Antes de eu abrir a boca
    Já sabes do que eu preciso
    Então por que pediria?
    Vais me dar
    Se eu precisar
    Às vezes eu sou tentado
    A te fazer uns pedidos
    Chorar forte nos teus ombros
    Os meus sentimentos feridos
    Falar das minhas tristezas
    Dessa dor que às vezes dói
    Dessa raiva que me rói
    De ver meu povo pisado
    Tratado como animal
    Então eu penso comigo:
    Vou pedir pra mim, por que?
    Se quase nada me falta
    E meu povo nada tem
    Se eu sou feliz ao meu modo
    E há tanta gente infeliz
    Então eu rezo por eles
    E te digo: meu Senhor
    O amor a mais que eu teria
    Dá pra eles, por favor...
    Quando eu faço a minha prece
    Eu nunca rezo por mim
    Um padre uma vez me disse
    Que não é bom, nem ruim
    Mas não é que eu não precise
    Nem por ser pobre e orgulhoso
    É que já me deste tanto
    E me fazes tão feliz
    Que por saber que tu amas
    E teu amor é sem fim
    Prefiro falar dos outros
    E falar menos de mim
    Mas Deus se isso é pecado
    Então começo a rezar
    Mas aviso antecipado
    Vai ser um não acabar
    Porque pedido não falta
    E precisão também não
    E fé também não me falha
    Só que eu penso em meu irmão
    Coitado dele meu Deus
    Precisa mais do que eu
    Eu já tenho o que eu preciso
    Tenho até muito mais
    Por isso meu Deus amigo
    Deixa que eu fale contigo
    Como quem não pede mais
    Eu prefiro aquela prece
    Do homem que te agradece
    Até pelo que não tem
    Quando a dor dói doída
    Ele ainda diz: amém!
    Bom Deus, se for tão errado
    Rezar olhando pro lado
    E apontando meu irmão
    Então pelo jeito teu evangelho
    Ficou velho
    Pois Jesus orava muito
    E às vezes fala de si
    Mas a vida inteira dele
    Falou dos homens de ti
    E mais do que tudo isso
    Falou aos homens de ti
    Quando eu faço a minha prece
    Eu nunca rezo por mim
    E esta é mais uma delas
    Bom dia meu Deus sem fim
    Meu Deus amigo e fiel
    É muito bom estar vivo
    Mesmo se o gosto é de fel
    Mas põe no colo esta gente
    Que não sabe o que é amar
    Eles precisam de reza
    Como precisam Senhor
    Quanto a mim, tenho certeza
    Se eu precisar vou ganhar
    E mesmo que não receba
    Não vou deixar de rezar
    Tudo o que eu sei nessa vida
    É que tu amas sem fim
    E enquanto eu cuido dos outros
    Tu não te esqueces de mim

    Pe. Zezinho, scj
    CD Bênção da Luz - Paulinas Comep

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Padre Zezinho

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.