Matinas

Padre Zezinho

Quietude


Eu vou cantar meu canto
Igual ao rei Davi
Lembrando os desencantos
E as venturas que eu vivi

Chorar sem ser poeta
Cantar sem ser cantor
Levar minh alma inquieta
Ao coração do meu Senhor

Eu vou cantar meu canto
Mas meu canto é de plebeu
Por isso quem puder
Que cante ainda mais que eu

Não sou nenhum profeta
Nem rei e nem cantor
Eu tento ser poeta
E às vezes canto a humana dor

Não tenho mil respostas
Não sei a solução
Só tenho as dez propostas
Que me deu a religião

Eu vou cantar meu canto
E se meu canto não servir
Tu que cantas do teu canto
Que eu me sento e vou te ouvir

Assim meu pobre canto
Que faço por amor
Ao lado do teu canto
Pode até sair melhor

Que um canto solitário
Não tem expressão
Do canto solidário
De quem canta com o irmão

Eu vou cantar meu canto
E do teu canto hás de escutar
Se cantas mais que eu canto
Então me ensina o teu cantar

Postagem: Luiz LEANDRO

Compositor: Pe. Zezinho, Scj

Letra enviada por LEANDRO

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Padre Zezinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS