Rédeas do Possante

Padre Alessandro Campos


Cada palmo dessa estrada eu conheço bem
Vou levando minha vida nesse vai e vem
Não tem chuva não tem sol
Não tem noite e não tem dia
Cada cidade que passo levo alegria
Quantas estrelas já vi iluminando o céu
Madrugada de sereno molha meu chapéu
Já passei tantos janeiros
Já senti tanta saudade
Cada ida e cada volta é só felicidade

Minha vida é segurar as rédeas do possante
Lobo da estrada, fera do volante
Louco apaixonado mais um viajante

Minha vida é igualzinha a vida do peão
Também tem saudade do seu coração
Onde vai seu cavalo vai meu caminhão

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Padre Alessandro Campos no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS