Opinião de Caboclo

Otavio Augusto e Gabriel

Otávio Augusto e Gabriel - Eternos Namorados


Eu fui lá na sua casa para te ver não te encontrei
Acho que você escondeu para não me ver eu desconfiei
Morena sem coração não é assim que se faz
Nem que eu morra de paixão na sua casa não volto mais

Ai morena, deixa de judiação
Seus caprichos são demais
Maltrata meu coração
Coração bom eu tenho, mas sou de opinião
Isso que você me fez eu não lhe dou perdão

Até fiz um juramento de nunca mais eu amar ninguém
Quem ama sofre demais é isso que faz eu sofrer também
Só quem não tem sentimento não sabe o quanto eu padeço
É demais o meu tormento e nem a metade eu não mereço

Ai morena, não pode ser desse jeito
Eu sei que o seu desejo é que eu morra de despeito
Assim também não pode
Só você quer ter direito
Eu também preciso ter opinião no peito

Se tem outro que te ama
Não me engane faça o favor
Por que se for indo assim
Eu sei que o meu fim é morrer de dor
Devias compreender que não pode ser assim
Eu amo tanto a você e você não gosta de mim

Ai morena, você foi os sonhos meus
E agora não me quer mais, vou te dar o meu adeus
Adeus ingrato amor, amor ingrato adeus
Nunca mais serei escravo dos caprichos seus
Nunca mais serei escravo dos caprichos seus

Compositor: Arnaldo Gomes Leal

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Otavio Augusto e Gabriel no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS