• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    No terreiro a festança fervia
    Com Antõnio, Chiquinha casava
    Sem saber que o Mané Floriano
    No escuro seus passos rondava

    Floriano jurou que matava
    A Chiquinha que ele queria
    Como não quis casar-se com ele
    Nem com outro casaria

    E na hora da valsa dos noivos
    Duas balas certeiras partiram
    Derrubando os noivos sem vida
    Sobre o sangue, abraçados morriam

    O assassino foi embora deixando
    Pelas balas dois peitos varados
    Como juntos se amaram e morreram
    Foram juntos sepultados

    Este fato passou muitos anos
    E o lugar ficou mal-assombrado
    Diz que à noite, uma valsa se ouve
    Lá naquele casebre largado

    É a lenda da valsa dos noivos
    Que Antônio e Chiquinha dançaram
    Numa noite feliz do passado
    Quando eles se casaram

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Otavio Augusto e Gabriel

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.